AquaRio será inaugurado na próxima quarta-feira, 9 na zona portuária

recnto

Cariocas e turistas vão ganhar um presente a partir da próxima semana. Com 8 mil animais de 350 espécies diferentes, o Acqua-Rio, maior aquário da América do Sul, vai ser inaugurado na quarta-feira (9) na Zona Portuária do Rio.

 

Novo ponto turístico da cidade, o Aquário Marinho do Rio de Janeiro,  está localizado no Porto Maravilha, nas proximidades do Boulevard Olímpico, área revitalizada para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 que reúne outros atrativos como o Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio e o painel “Etnias”, de autoria do artista brasileiro Eduardo Kobra.  Maior equipamento do gênero na América do Sul, o AquaRio é mais um atrativo para reforçar o projeto continuado de revitalização da antiga zona portuária do Rio de Janeiro. Ele ocupa o prédio da antiga Companhia Brasileira de Armazenamento (Cibrazem). Entre as espécies exposta estão peixes da costa brasileira, do Caribe e do Indo­Pacífico, como tubarões, arraias, moreias, e cavalos ­marinhos entre outros. O maior tanque do local, batizado como ‘Recinto Oceânico’, tem 7 metros de profundidade e 500 m² de área, com uma grande arquibancada para visitantes. O empreendimento é resultado de um investimento da ordem de R$ 130 milhões feito pela iniciativa privada e sua gestão é de responsabilidade do Instituto Museu Aquário Marinho do Rio de Janeiro (IMAM). A expectativa é de que o local, que será aberto oficialmente para o público em 9 de novembro, receba, em média, de 4 e 5 mil visitantes por dia. Além da geração de emprego e renda, o aquário movimentará outros atrativos localizados na Orla Paulo Conde.

Logo na entrada do aquário o visitante pode observar o esqueleto de uma baleia jubarte de 15 metros que encalhou na praia da Macumba, no Recreio, em 2014. A visita pode começar de uma maneira bem lúdica, brincando de desenho animado. Os visitantes podem criar um peixinho, que o acompanhará durante toda a visita.

O aquário do Rio é grandioso em números. São 26 mil metros quadrados de área construída. Vinte e oito tanques, quatro milhões e meio de litros de água salgada, captada por balsas no entorno das Ilhas Cagarras e 2 mil animais marinhos de 350 espécies. E quem quiser, ainda pode entrar num tanque e se sentir dentro de um cardume.

São mais de mil animais entre raias, olha o mergulhador agora capturando um peixinho, peixes, tubarões. Você passa por mais de vinte metros de túnel e aqui no fim você chega a ter cinco metros de coluna d´água em cima da sua cabeça.

E em 2017 o aquário promete dar aos visitantes a chance de passar uma noite em um túnel e de mergulhar com tubarões das espécies mangona e lixa, que já atraem todas as atenções.

O biólogo e idealizador do aquário, garante que o tubarão não é aquela fera assassina dos mares que todo mundo pensa, não.

E a tecnologia está presente o tempo todo: nos monitores, todas as explicações sobre as espécies. O visitante também pode descobrir onde ficam as diferentes exposições do aquário. Mas nada supera a interação real nos tanques de toque.

 


Comente essa Notcia




Shopping MaisRO